• slidebg1
  • slidebg1
  • slidebg1
  • slidebg1
  • slidebg1
  • slidebg1

Cursos em destaque

Veja os nossos últimos lançamentos de cursos e módulos.

Últimas notícias
  • NA MOSCA - LV CONCURSO MPMG - GRUPO II - QUESTÃO 3

    Nosso professor Alexandre Salim , Promotor de Justiça MP-RS, acertou na mosca a questão 3, do GII, da prova do LV CONCURSO MP/MG. 
    Além disso, informamos, com muito orgulho, que 56% dos candidatos aprovados na 2ª Etapa do LV Concurso do MPMGsão alunos FEMP!
    A gente fala e comprova, assista o trecho da aula!
    https://www.youtube.com/watch?v=GX-5w6JsKGs

    Continue lendo...

    NA MOSCA - LV CONCURSO MPMG - QUESTÃO 3 - GRUPO III

    Autor: DOUGLAS

    Nosso professor Fabrício Bastos, promotor de Justiça no MP/RJ, acertou na mosca a questão 3, do GIII, da prova do LV CONCURSO MP/MG. Além disso, informamos, com muito orgulho, que mais de 50% dos candidatos aprovados na 2ª Etapa do LV Concurso do MPMG são alunos FEMP!
    O nosso compromisso é com a sua posse! Como prova disso, apresentamos algumas das questões que nossos professores acertaram na prova da 2ª Etapa do LV Concurso do MPMG.
    Desejamos que a sua posse seja em breve e que a sua atuação como Promotor de Justiça seja de verdadeira transformação social!!!

    https://www.youtube.com/watch?v=2Tyie7elVZI

    Continue lendo...
  • VISITA NOVOS PROMOTORES

    Autor: FESMPMG

    Com alegria, a Diretoria da FESMPMG recebe os novos Promotores de Justiça, muitos dos quais se prepararam conosco. Parabéns a todos pela posse e sucesso na carreira!!! #ateaposse#vemprafesmpmg #mpmg#parabensnovospromotores #concursopublico

    Continue lendo...

    Adulteração de medidor de energia é furto mediante fraude, não estelionato

    Autor: STJ

     A Sexta Turma do STJ, no RHC 62437, considerou que a subtração de energia por adulteração de medidor, sem o conhecimento da concessionária, é considerado crime de furto mediante fraude e não estelionato. É que, no furto qualificado mediante fraude, o agente subtrai a coisa com discordância expressa ou presumida da vítima, sendo a fraude meio para retirar a res da esfera de vigilância da vítima, ao passo que no estelionato o autor obtém o bem através de transferência empreendida pelo próprio ofendido por ter sido induzido em erro. No caso telado, a concessionária de prestação de serviço público não tinha conhecimento da fraude perpetrada pelo usuário. Portanto, a conduta melhor se amolda ao crime de furto mediante fraude e não estelionato.Maiores informações: http://tempuri.org/tempuri.html

    Continue lendo...
  • Em que consiste o "efeito bumerangue do direito penal"?

    Autor: STF

    O "efeito bumerangue do direito penal" é aquele em que o próprio infrator, juntamente com a coletividade, sente as consequências do evento ilícito por ele praticado. Exemplo: A pratica de crimes ambientais.
    Desta feita, os delitos ambientais possuem o "efeito bumerangue do direito penal", vez que além de prejudicar a sociedade, o próprio criminoso é atingido pelos efeitos do seu crime. 
    Maiores informações: http://tempuri.org/tempuri.html

    Continue lendo...
Novidades
ATENÇÃO
Indicações enviadas com sucesso!
Aguarde...